Autor(es):Alexandre José Molina
Ano:2016
Comitê:Comitê Dança em Mediações Educacionais
Título:ARTE E UNIVERSIDADE: POR UMA PRATICATEÓRICA NA FORMAÇÃO EM DANÇA
ART AND UNIVERSITY: BY A PRACTICALTHEORETICAL IN DANCE FORMATION
Resumo: 
 Processos de formação em Dança na universidade apresentam, com recorrência, certa lógica operativa que divide teoria e prática, desdobrando-se em outras dicotomias: mente e corpo técnica e criação sujeito e ambiente. No entanto, pensamentos contemporâneos sobre corpo, educação, formação e dança avançam em proposições de funcionamento onde não figuram tais dicotomias, compartilhando da ideia de compreender a experiência artística como um modo de conhecer. O texto é parte da pesquisa de doutorado defendida pelo PPGAC/UFBA (2015), sob orientação de Cláudio Cajaiba, que propõe a identificação de caminhos metodológicos que possam, configurados na forma de pensamentos curriculares, apresentar alternativas a essas dicotomias em processos de formação em dança, a partir da experiência artística, numa perspectiva praticoteórica. Problematizo o uso da expressão artista-docente, desdobramento da dicotomia teoria e prática, e aponto, como resultado da tese, um processo formativo a partir da escolha de conteúdos e temas gerais organizados em quatro grandes grupos articulados entre si.
 

University education processes in dance often present an operative logic that separates theory practice, developing yet other dichotomies, such as: mind and body technique and creation person and environment. However, contemporary thoughts on body, education and dance propose modes of functioning that put in doubt those dichotomies, sharing the idea of comprehending artistic experience as a way of knowing. This paper is part of a doctoral research, defended in 2015 (PPGA/UFBA) and advised by Professor Cláudio Cajaiba. The research proposes the identification of methodological ways that, in the form of curricular thoughts, would be able to present alternatives to the traditional dichotomies in the education processes in dance, the artistic experience, in a practicaltheorical perspective. I problematize the use of the artist-teacher expression, a development theory and practice dichotomy, and I indicate, as a result of the thesis, an education process elaborated general contents and themes organized in four large integrated groups, properly articulated to each other.
Fazer download