Autor(es):Tamires Vasconcelos Serpa
Ano:2016
Comitê:Comitê Dança em Configurações Estéticas
Título:NEM TODO CORPO PODE DANÇAR: PADRÕES CORPORAIS DO BALÉ CLÁSSICO QUE SE ESTENDEM À DANÇA CONTEMPORÂNEA
Resumo: 
 Este estudo visa a possibilidade de que todo corpo com trabalho físico adequado possa dançar, independente de seu biótipo, passando pelos aspectos estereotipados de que o corpo magro é o ideal, especificando a temática para o corpo feminino, refletindo também que esta idealização de corpo pode ter iniciado em determinado momento da história do balé clássico, e que hoje se estende à dança contemporânea, que é o lugar em que “todo corpo pode dançar”. Sendo o Brasil o “país da miscigenação”, as exigências de corpos de perfil mais europeizados torna-se preocupante não somente pela restrição no mercado, como também em como afeta a saúde das intérpretes, que em sua maioria estão dispostas a se prejudicar para chegar ao “físico perfeito”. Qual parte do seu corpo não é bela quando tocada pela imaginação?
 

This study aimed at the possibility that whole body with proper physical work can danceindependent of its biotype, through the stereotyped aspects of the thin body is ideal specifying the theme for the female body, reflecting also that this body idealization can have started at a certain time of the history of classical ballet, and now extends to contemporary dance, which is the place that "every body can dance." Being Brazil the "country of miscegenation," the requirements of more Europeanized profile bodies become worrisome not only by restricting in the market, but also in how it affects the health of interpreters, who mostly are willing to harm to get the "perfect physique”. Which part of your body is not beautiful when touched by the imagination?
Fazer download