Autor(es):Raíssa Caroline Brito Costa
Ano:2017
Comitê:Comitê Dança em Configurações Estéticas
Título:Site Specific e Degas: uma reflexão da construção histórica até as intervenções urbanas em dança
SITE SPECIFIC AND DEGAS: A REFLECTION HISTORICAL CONSTRUCTION UNTIL THE URBAN INTERVENTIONS ON DANCE
Resumo: 
 Baseado em reflexões abordadas na disciplina “Tópicos de Atuação” da Pós-graduação em Artes da Cena da UNICAMP e sendo provocada por inúmeras possibilidades de locais para o desenvolvimento de arte pública na cidade de Manaus, o presente ensaio tem o intuito de desenvolver reflexões acerca da evolução histórica da dança, discutindo conceitos que reverberam para a potencialidade das criações de site specific. O projeto de doutorado parte da análise de obras pictóricas de Degas, que serão utilizadas para processos criativos na área urbana de Manaus, visando perpetuar uma cultura de site specific muito fragilizada no cenário cultural da cidade. Com o amparo de questões históricas da dança, o artigo reflete sobre a evolução do corpo e criações influenciadas pela história e meio em que o artista se insere, contemplando referenciais como Cavrell (2015), Barreto e Garbelotti (2008) Kwon (1997) Morais (2015), Agamben (2009) Katz e Greiner (2001) e Ostrower (2010).
 

Based on reflections addressed in the discipline "Topics of Actuation" of UNICAMPs Graduate Program and being provoked by numerous possibilities of places for the development of public art in the city of Manaus, the present essay aims to develop reflections on the historical evolution of the dance, discussing concepts that reverberate to the potentiality of the site specific creations. The doctoral project is based of the analysis of Degas pictorial works to create processes in the urban area of Manaus, aiming at perpetuating a site specific culture very fragmented in cultural scenery of the city. With the support of historical issues of the dance, the article reflect the development of the body and creations influenced by the history and environment in which the artist it s, contemplating references such as Cavrell (2015), Barreto and Garbelotti (2008) Kwon (1997) Morais (2015), Agamben (2009) Katz and Greiner (2001) and Ostrower (2010).
Fazer download