Autor(es):Douglas de Camargo Emilio
Ano:2017
Comitê:Comitê Dança em Configurações Estéticas
Título:M.C e D.E - Crise enquanto composição coreográfica.
M.C and D.E – Crisis as choreographic composition
Resumo: 
 Este estudo é resultado do artigo final da Especialização Estudos Contemporâneos em Dança do PPGDança da UFBA, com orientação da Profª Drª Gilsamara Moura. São colocadas em evidência questões sobre a noção de crise em procedimentos que enfatizam a importância e o poder da imprevisibilidade, estabelecendo modos operacionais do pensar composição coreográfica. Neste artigo, encontrará associações de pesquisas que, em caráter de conversa, se relacionam em [fake] entrevista com os artistas interlocutores, ou enquanto proposição dialógica sobre práticas em dança e composições coreográficas, criando estratégias atemporais de modo a reorganizar linhagens coreográficas. Sobretudo, trabalhos revelados artisticamente pelo coreógrafo Merce Cunningham, especulado também pelo artista da dança Douglas Emilio, descrevendo e analisando os processos de suas próprias composições artísticas a partir do uso da crise/acaso. Para tanto, autores como Jacques Monod (1971), Jorge Albuquerque Vieira (2006, 2007), Ilya Prigogine (1996, 1997), Humberto Maturana e Francisco Varela (1997, 2001) referenciam este estudo.
 

This study is a result of the final article of the Specialization in Contemporary Studies in Dance of the PPGDança of the UFBA, with the guidance of Prof. Dr. Gilsamara Moura. Questions about the notion of crisis in procedures that emphasize the importance and power of unpredictability are put in evidence, establishing operational modes of thinking choreographic composition. In this article, it will be found research associations that, in a conversational character, relate to [fake] interview with the interlocutors artists, or as dialogic proposition about practices in dance and choreographic compositions. Creating timeless strategies in order to reorganize choreographic lineages. Mainly works artistically revealed by the choreographer Merce Cunningham, also speculated by dance artist Douglas Emilio, describing and analyzing the processes of their own artistic compositions the use of crisis / random. Therefore, authors such as Jacques Monod (1971), Jorge Albuquerque Vieira (2006, 2007), Ilya Prigogine (1996, 1997), Humberto Maturana and Francisco Varela (1997, 2001) will support this study.
Fazer download