Autor(es):Manoel Gildo Alves Neto e Suzane Weber da Silva
Ano:2018
Comitê:Comitê Memórias e Devires em Linguagens de Dança
Título:Enfatizando o gesto numa pesquisa sobre a memória da dança Afro-Gaúcha
Resumo: 
 Este artigo apresenta encaminhamentos parciais acerca do projeto de pesquisa “Dança Afro-Gaúcha: Memórias, Gestos e Práticas a partir de um estudo de caso”, cujo principal objetivo é compreender, contextualizar e analisar gestos e práticas artístico-educativas da Dança Afro-gaúcha a partir das memórias da coreógrafa e educadora Iara Deodoro (Porto Alegre – RS). Reconhecendo-se enquanto bailarinos-pesquisadores num processo de Pesquisa em Arte, nos inspiramos na noção de “bailarino-historiador” (LUANAY, 2012), com o intuito de enfatizar do gesto como característico a memória da Dança. Para isto, utilizaram-se ferramentas do método etnográfico (SILVA, 2010), além da criação de uma estratégia metodológica e performática chamada “FalarFazendo Dança Afro” que articula simultaneamente as características de entrevista-aula-performance.
 

This article presents some partial references about the research project "Afro-Gaúcha Dance: Memories, Gestures and Practices a case study", whose main objective is to understand, contextualize and analyze gestures and practices of the Afro-Gaúcha Dance of the choreographer and educator Iara Deodoro (Porto Alegre - RS). Recognizing themselves as dancers-researchers in an Art Research process, we are inspired by the notion of "dancer-historian" (LUANAY, 2012), with the intention of emphasizing the gesture as characteristic of Dance memory. For this, tools of the ethnographic method (SILVA, 2010) were used, as well as the creation of a methodological and performance strategy called "SpeakDoing Afro Dance" that simultaneously articulates the characteristics of interview-aula-performance.
Fazer download