Carta de repúdio as demissões na FUNARTE

Categoria: Geral

Data: 07/10/2019 às 16:16



A Associação Nacional de Pesquisadores em Dança (ANDA) manifesta seu repúdio à exoneração dos 19 servidores da Funarte realizada através do DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO, Publicado em 04/10/2019 (Edição: 193 | Seção: 2 | Página: 7 Órgão: Ministério da Cidadania/Gabinete do Ministro - PORTARIAS DE 3 DE OUTUBRO DE 2019 do dia 04/10/2019). Estas exonerações afetam substancialmente as políticas públicas para às Artes brasileiras. Os servidores exonerados são pessoas essenciais à memória da instituição e possuem competência e formação para atuar na gestão pública das Artes, tarefa nada fácil, aspectos que não foram considerados neste ato do governo. A exoneração em massa desarticula a Funarte e Reiteramos a notória contribuição desses servidores para o campo das Artes Brasileiras Solicitamos esclarecimentos sobre o ato administrativo de exoneração destes 19 servidores da FUNARTE e as controvérsias nas declarações públicas de Roberto Alvim a favor do conservadorismo na cultura e de entregar teatros a grupos religiosos. Repudiamos a entrega da administração dos teatros à grupos que defendem modos restritivos, ideologias unilaterais, religiosas e totalitários de produzir e pensar as Artes. Os teatros do Brasil devem atender a pluralidade de manifestações artísticas em sua diversidade, garantindo a multiplicidade de poéticas, ideias, corpos e pensamentos. Exigimos a reversão do ato e que este servidores retomem suas funções e atividades imediatamente.